Migração para o Tumblr

13 de julho de 2011

A AFTB não atualizará mais este blog no WordPress. Nós migraremos para o Tumblr pois ele se encaixa melhor às nossas necessidades. Agradecemos muito todos os nossos leitores, e queremos cada vez mais nos aproximar de vocês. Nos mostre o caminho para fazer isso! Temos muitos planos para seguir no Tumblr, mas só serão consolidados com a sua ajuda.

Link da AFTB no tumblr: aftb.tumblr.com

Por trás das câmeras: Coberturas de escritura

25 de maio de 2011

Nos últimos meses tivemos várias escrituras assinadas na AFTB, muitas filmadas e algumas até exibidas ao vivo em nosso site. Relembre-as nessa sequencia:

Ao contrário da reputação do dia em que foi gravado (01/04) esse foi uma realidade! Adoramos gravar a escritura da Ondina, com seu jeito sempre muito comunicativa, animou a todos os funcionários da AFTB. Seu marido, mesmo sendo mais tímido, não deixou de falar sua percepção em relação à AFTB e aquele momento tão especial. Nossa equipe ficou muito emocionada com o depoimento da Ondina no final, após assinar sua escritura. É sempre uma grande felicidade saber que nosso trabalho contribuiu com a conquista de mais um sonho realizado.

O Marcos da Camara é uma figura! Sua escritura saiu de forma muito surpresa para ele, segundo ele mesmo diz no vídeo. Com seu jeito tranquilo, traduziu bem a experiência que os associados costumam ter após serem contemplados.

Quando a entrevista começou, percebemos que o Laércio era um pouco tímido com as câmeras. De modo muito sincero, expôs todo o que ele sentia pela a AFTB. A cada escritura que é assinada, mais uma conquista de todos os associados, pois sem você isso não seria possível!

E vocês leitores do BlogAFTB, o que acharam dos vídeos? Ficou legal a forma que foi apresentado?

Diferenças entre o termo “Com fins não econômicos” e “Sem fins lucrativos”

13 de maio de 2011

A adoção do termo “Com fins não econômicos” pelo novo código Civil abriu espaço para muitas dúvidas. A AFTB deveria adotar o novo termo? Porque o termo mudou?

É verdade que a expressão “Sem fins lucrativos” confunde muitas pessoas. Por a organização não ter em sua finalidade o lucro, alguns se confundem ao dizer que a organização não pode ter lucro. Ao adotarmos essa expressão, dizemos que o lucro da organização não é distribuído entre seus dirigentes, mas sim revertido para a associação. Devido essas dúvidas, agora o código civil adota a expressão “Com fins não econômicos”. Portanto, toda associação é “Com fins não econômicos”, incluindo a AFTB.

Mas então porque não adotamos essa expressão? Pois, acima de associação, nós temos a classificação especial de OSCIP. A lei de OSCIP, em sua redação, adota o termo “Sem fins Lucrativos”. A AFTB, sendo atualmente homologada como OSCIP pelo Ministério da Justiça, deve reforçar essa qualidade especial, portanto adotar o termo presente na redação da lei de OSCIP, “Sem fins lucrativos”.

Relatório Estratégias para Associados e Associação – ABEVD

9 de maio de 2011

No dia 06 de Maio de 2011, nas dependências da ABEVD (Associação Brasileira de Vendas Diretas), nosso Jornalista Oficial José Jamil da Silva participou de uma reunião, cuja pauta era Estratégias para Associados e Associação. Segue relatório, escrito por ele, enviado internamente. Por sua relevância, merece atenção e copio neste post. Boa leitura!

Relatório da reunião realizada em 06 de maio de 2011, nas dependências da ABEVD em São Paulo.

Entre as empresas convidadas estiveram presentes: Natura, Avon, Herbalife, Amwey, e outras. Teve início a reunião as 09h30m, e após as respectivas apresentações, cada empresa permaneceu por volta de 45 minutos, demonstrando sua linha de atuação no mercado. Em seguida a diretora executiva da Abevd, Sra.Roberta Sayuri Kuruzu, solicitou para que explicasse sobre o seguimento da AFTB, então permaneci por mais de uma hora mostrando nosso trabalho e respondendo a várias perguntas, ficando nítido o interesse da maioria em fazer parte do quadro associativo da AFTB. Entre as várias reuniões e palestras que participei esta foi sem dúvida a mais prazerosa, pois senti que mesmo com vários seguimentos em questão, o assunto sempre retornava a AFTB, principalmente quando apresentei os dois sistemas existentes no mercado.

Neste momento o representante da Herbalife, no Brasil, questionou em relação à capitação de recursos e o trabalho de divulgação, surgindo assim a oportunidade para falar sobre o trabalho voluntário e as formas de contemplações. Em um determinado momento da reunião, o representante da Edelman, Sr. Eduardo Alves, perguntou como poderia existir a possibilidade do financiamento da casa própria, sem juros. Expliquei então sobre as contribuições associativas retornarem, para viabilizar novas contemplações. Esclareci também que a dificuldade de captação de recursos vem deixando de existir. Hoje, já é possível contar com o apoio do Instituto Pró Brasil que se especializou neste seguimento e vem prestando apoio a várias Organizações do terceiro setor.

A Sra. Juliana Almeida, da empresa CDM, do departamento de comunicação corporativa, demonstrou muito interesse no Sistema Alternativo de Crédito, e disse que irá pesquisar o site e possivelmente se tornará uma associada. A Srª. Roberta Sayuri, Diretora Executiva da Abevd, juntamente com a Srª. Maria Consolação, da empresa Blue Comunicação, sugeriu que se for possível gostaria em momento oportuno, marcar uma nova reunião para mostrar mais sobre nosso trabalho e a importância dele para ajudar no combate ao déficit habitacional no país.

Fico muito agradecido pela confiança depositada e pela indicação do Sr. Edmundo Roveri. Espero ter atendido as expectativas da diretoria.

Atenciosamente

Jamil

Depoimentos de Associados atingidos na região serrana do RJ

3 de maio de 2011

No começo do ano de 2011, a Região Serrana do RJ, principalmente a cidade de Nova Friburgo, foi devastada por fortes chuvas. O desastre já foi classificado entre as 10 piores enchentes do mundo. A AFTB, reconhecendo o estado de emergência, antecipou cartas de crédito na região. Segue um resumo dos depoimentos:

Para ver os depoimentos na íntegra, visite nosso canal oficial da AFTB no youtube: http://www.youtube.com/videosaftb

Tire suas dúvidas sobre contrato de gaveta com José Jamil da Silva

3 de maio de 2011

O contrato de cessão de direitos e obrigações, comumente conhecidos como contrato de gaveta é um negócio jurídico pelo qual o comprador adquire um imóvel e assume a dívida de um contrato de financiamento, de promessa de compra e venda, de consórcio, ou equivalente, sendo que a transferência da propriedade junto ao Cartório de Registro de Imóveis é feita somente após a quitação da dívida.

Em geral, é utilizado por pessoas impossibilitadas pelo Agente Financeiro de transferir o financiamento nas mesmas condições do contrato original, ou que tenham restrições para adquiri-lo, tais como insuficiência de renda, inscrição em cadastros de restrição ao crédito, dentre outras.

A operação pode ser realizada por instrumento público ou particular e normalmente, para eficácia do negócio jurídico pretendido, o titular do financiamento outorga uma procuração por instrumento público ao adquirente, com a qual o novo proprietário pode negociar com agente financeiro, representá-lo frente aos cartórios e órgãos públicos.

Historicamente o contrato de gaveta foi criado e se tornou usual durante a década de 80, em função das arbitrariedades impostas pelos agentes financeiros, exigindo que o saldo devedor e a prestação aumentassem drasticamente quando da transferência.

O negócio é plenamente válido entre as partes, vendedor (cedente) e comprador (cessionário), e obriga tanto os contratantes como seus herdeiros e sucessores, entretanto, existe uma controvérsia sobre a validade perante os agentes financeiros.

Seguindo a interpretação dada à Lei 10.150/00, entende que os contratos de gaveta firmados antes de 25/10/1996, com firma reconhecida ou algum documento público que prove a data de sua pactuação, podem ser validados em juízo, reconhecendo-se o direito à transferência mediante simples sub-rogação da dívida pelo novo mutuário, aproveitando-se o prazo decorrido e as parcelas pagas, mas este não é o entendimento majoritário.

Dessa forma, o ideal é que, além do contrato de gaveta, seja outorgada procuração por instrumento público com cláusula ad judicia pelo vendedor/cedente para que o novo proprietário possa exercer todos os direitos sobre o imóvel, mesmo que em nome do vendedor.

Mais informações sobre habitação no site www.aftb-oscip.org

Prévia ferramenta de depoimento Minuto AFTB

5 de abril de 2011

Durante essa semana, a AFTB irá lançar em seu site uma ferramenta de captura de depoimentos. Essa ferramenta, chamada Videogenie, receberá o título de “Minuto AFTB”. Este título pois os depoimentos terão o comprimento de 1 Minuto. Isso dará objetividade aos depoimentos, e esse por sua vez, irão reforçar a união e a paixão AFTB.

Como teste, estamos escolhendo vocês, leitores do BlogAFTB, para testar nossa ferramenta! Grave seu depoimento utilizando o seguinte link, e comente aqui no blog como foi o uso da ferramenta, algumas sugestões e etc.

http://record.videogenie.com/media/?uid=e0d3bb24-5a63-466a-b3a5-f07d0786cc1a

Contamos com vocês leitores! Um forte abraço,

Equipe AFTB

AFTB e a Hora do Planeta

24 de março de 2011

O ano de 2011 foi marcado por várias catástrofes climáticas. O deslizamento do Rio de Janeiro foi marcado entre os 100 piores da história e o Japão foi arrasado por terremotos seguidos de tsunamis.

Embora não haja um consenso entre os pesquisadores, muitos falam que boa parte disso é nossa culpa. O ser humano precisa conscientizar-se, começar a assumir a responsabilidade de nossos atos. Fazendo parte dessa onda de conscientização, várias campanhas focam mostrar ao mundo que nós podemos fazer a diferença. É ai que a hora do planeta entra! Um evento global que, em 2010, mobilizou mais de um bilhão de pessoas em 4616 cidades, em 128 países. E não é isso que a AFTB representa? Mobilização?

Todos que aderem à campanha mostram ao mundo que, se cada um fizer sua parte, podemos fazer grandes mudanças. Dia 26 de Março (Sábado) às 20:30, desligue as luzes por uma hora. É um pequeno ato, mas de muito significado.

A AFTB aprova a hora do planeta e deseja que todos os associados participem dessa causa. Vamos ter uma hora para a família; uma hora para os amigos; uma hora para pensar no futuro e, juntos, através da conscientização, fazer bom uso dos recursos que nosso planeta têm disponível.

Vamos mostrar o poder de nossa mobilização!

Segue vídeo oficial da Hora do Planeta 2011:

ATUALIZAÇÃO: Além da hora do planeta, confira os resultados e o que aprendemos com esse evento http://migre.me/49CKA

Tutorial Fórum AFTB

24 de março de 2011

Nossa organização possui associados espalhados em todo o Brasil, e alguns até fora do país. O papel do departamento de comunicação é manter o fluxo da informação funcionando sem distorções em toda sua cadeia, de forma que o stakeholder mais distante de nossa organização receba essa informação inalterada.

Tendo essas “distâncias” encurtadas, um novo patamar pode ser trabalhado dentro da organização. A participação ativa de todo e qualquer stakeholder em nosso planejamento estratégico. Os associados, já que contribuem com a organização, merecem opinar e devem ter voz nas diretrizes que a diretoria decidir seguir.

O Fórum serve para isso. Muito mais do que responder dúvidas (os chamados já realizam com excelência essa tarefa), o Fórum dá voz aos associados que desejam participar mais ativamente da organização. Se você é aquele associado que já leu todo o estatuto, e suas atualizações, se você já listou todas as mudanças do SAC, ponderou os pontos positivos e negativos de qualquer mudança da AFTB, o Fórum é feito para você.

Precisamos de associados realmente engajados na organização, que não só repete o que ouviu, mas que reflete, questiona, e pondera o que lhe é dito. Esses associados têm muito a oferecer ao planejamento estratégico da organização e, dessa forma, construiremos uma AFTB mais justa, forte, bem fundamentada e útil a vida dos associados. Fizemos esse tutorial para ensinar-lhes a se logar no fórum. Utilize essa ferramenta com responsabilidade e, assim, poderemos afirmar sem sombra de dúvida: Unidos somos fortes!

E o 3o Encontro de associados vêm ai!

21 de março de 2011

Quem participa da AFTB a algum tempo sabe que, de tempos em tempos, reunimos todos os associados da organização em um grande evento para, juntos, assistir a palestras, participar de treinamentos e, acima de tudo isso, reforçar nossa união juntos aos demais associados. Por sermos uma associação, é de extrema importância que todos que de alguma forma  participam dela estejam sincronizados com o direcionamento estratégico da organização. Esse tipo de evento ajuda nisso.

O 3o encontro de associados é o primeiro a ser realizado fora de São Paulo. Já que a AFTB têm associados espalhados por todo o Brasil, por que não fazer cada encontro em um local diferente? Assim, reforçaremos a identidade nacional da AFTB, realizando este evento em João Pessoa/PB.

Então quais são as informações do evento?

Local: Av. Nossa Senhora dos Navegantes, 431- Tambaú – João Pessoa/PB

Data: Dia 2 e 3/04/2011

Traje esporte fino.

Onde posso me hospedar?

Associados que necessitem de hospedagem, favor entrar em contato com o hotel pelo telefone (83) 4009-0100, taxas especiais para participantes do evento. Estacionamento gratuito no local.

Lembrando também que, para participar, é necessário imprimir seu convite na área restrita. Para cada associado ativo, é permitido o cadastro de 01 acompanhante.

Veja newsletter sobre o evento aqui: http://bit.ly/dH81v9

Reveja as fotos do 1o e do 2o Encontro de associados AFTB:

 


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: